Deteção de CBD de qualidade

O boom do CBD veio para ficar e, com ele, surgem novos distribuidores todos os dias, mas, como em qualquer mercado, quando um produto tem tanto sucesso, começa a haver concorrência desleal e nem todos os produtos vendidos no mercado são de alta qualidade.

O Natural Suit pretende ajudá-lo a diferenciar um produto de qualidade com as seguintes dicas.

1. TESTADO EM LABORATÓRIO

Os testes laboratoriais são essenciais para garantir que está a receber um bom produto. Qualquer empresa de boa reputação manda testar os seus lotes num laboratório independente de boa reputação. Se não responderem às suas perguntas ou não puderem provar que foram avaliados por um laboratório externo, continue a procurar. Para além disso, é importante certificar-se de que as flores que compra contêm menos de 0,2% de THC.

2. O CHEIRO É A CHAVE

O perfume da flor é a caraterística mais importante de uma flor de qualidade. As melhores flores de CBD caracterizam-se por um aroma forte e penetrante. Um aroma cativante com as suas diferentes nuances (cítrico, frutado, terroso, doce…) é sempre um sinal de qualidade, pois é o melhor indicador de um elevado teor de terpenos.

3. EVITAR FLORES COM TONS CASTANHOS E AMARELOS

Outra qualidade a ter em conta quando se procura a canábis legal de melhor qualidade é a cor. O aparecimento de um rebento vigoroso e espesso será sempre um indicador da melhor qualidade. Naturalmente, as flores de cbd de alta qualidade devem ser geralmente verdes, em várias tonalidades e intensidades. Cores vivas e brilhantes são frequentemente um ótimo indicador de qualidade. Algumas das melhores variedades de CBD tendem a ter uma bela combinação de verde e roxo/violeta.

4. COBERTO DE TRICOMAS?

Os tricomas são as pequenas glândulas que contêm os canabinóides e os terpenos, mas numa flor CBD de qualidade podem ser vistos a olho nu ou com uma lupa especializada. As melhores flores são coberto de tricomas Um botão com uma grande densidade de tricomas será sempre uma garantia de que as flores foram cultivadas nas melhores condições, favorecendo o seu cheiro, sabor e efeitos.

5. ESTALADIÇO E PEGAJOSO

Uma flor não deve estar nem demasiado húmida nem demasiado seca, pois ambos são indicadores de que a flor é de má qualidade. Se a flor estiver demasiado seca, desfaz-se ao toque e transforma-se em pó; quando tocada, deve manter uma consistência e devemos poder parti-la sem que se pulverize. Se a flor estiver demasiado húmida, significa que secou mal. O maior perigo para uma flor é o aparecimento de bolor, que é visível a olho nu.

Tente partir uma flor, se ela parecer um pouco pegajosa ao toque mas ainda estiver estaladiça, então tem um produto de muito boa qualidade.

6. FLORES DENSAS E BEM FORMADAS

As flores da maconha devem ser apertadas, densas e bem formadas, evitando flores que pareçam abertas e com buracos de ar. As melhores flores provêm do cultivo em interior, onde nunca se encontram sementes, ramos ou folhas que possam acrescentar peso ao botão. Isto é geralmente sinónimo de má qualidade, embora isto não signifique que as flores de exterior ou de estufa sejam de má qualidade, se forem bem cultivadas, seguindo todos os passos do cultivo e com sementes de qualidade, também produzem flores que podem competir com as flores de interior.

Partilhar
Poderá estar interessado em…